Logística – Adaptação rápida à crise
Foto: Reprodução/TV Globo

Logística – Adaptação rápida à crise

Mais uma vez a tecnologia se mostra uma ferramenta com soluções eficiente. Contribui para a adaptação das empresas, de forma mais rápida e assertiva, às mudanças atuais. A área da logística, que é muito dependente das operações físicas, teve seus processos adaptados para garantir a segurança dos funcionários.

Um exemplo disso, surgiu no início da quarentena. O transporte entre cidades ou regiões precisou enfrentar a indisponibilidade, ou disponibilidade limitada, de locais para refeições dos caminhoneiros. Tal escassez é preocupante, visto que esses profissionais dependem dos postos e dos serviços para realizar as atividades em condições adequadas.

Solução Imediata

Diante desses problemas, que surgiram durante a pandemia, foi reforçada a necessidade de algumas soluções:

Visibilidade ampla – o monitoramento e o planejamento das viagens ajudaram a solucionar a questão dos caminhoneiros. No entanto, quando se fala em aprofundamento do uso da tecnologia, merecem destaque as aplicações que oferecem melhor visibilidade da operação para as diferentes pessoas da empresa envolvidas no processo. Geralmente, as companhias cuidam de um ecossistema complexo e não integrado, às vezes utilizando quatro ou cinco ferramentas diferentes para a gestão da área de logística.

Plataforma única – para viabilizar a integração de toda a operação de logística, existem soluções que agregam e potencializam a gestão dos processos da área. Então, desde a criação de viagens até a entrega de produtos, caso gerenciado por uma única plataforma, terá um processo mais eficiente para a organização. Fazem a roteirização de toda a operação, já levando em conta as características específicas, bem como as da carga, além de gerenciar de maneira integrada informações de viagens, emissão de notas fiscais, ocorrências e agendamentos.

Tempo real e dashboard – as soluções mencionadas também tornam possível acompanhar em tempo real a movimentação da carga. Possibilitando a geração de um dashboard com indicadores de performance e gestão de entregas, ocorrências e agendamentos.

Comunicação – O home office e a impossibilidade de locomoção das equipes impulsionaram mudanças na comunicação. É o caso da adoção de aplicativos de videochamadas, que eram pouco conhecidos, mas tornaram-se comuns no dia a dia e ajudaram as empresas a manter as atividades.

Fonte: SEGS

Deixe uma resposta